2 dicas para garantir a nutrição de plantas na sua lavoura

nutrição de plantas é uma das áreas mais importantes da agronomia. Através dela podemos proporcionar o melhor aproveitamento dos nutrientes do solo, economizando nas adubações e potencializando a produção das culturas. Como na agricultura tudo está interligado, é preciso estar atento a todas as áreas dessa complexa interação de planta e solo.

Como pudemos ver em diversos textos, a agricultura sustentável tem se destacado como uma das principais alternativas para promover a produção de alimentos para a crescente população e, ao mesmo tempo, prover a proteção do meio ambiente. Nesse contexto, o conhecimento sobre a nutrição de mineral é de fundamental importância para promovermos uma agricultura de qualidade. A seguir, veremos algumas dicas para garantir uma boa nutrição de plantas na sua lavoura.

 

Lei do mínimo, um princípio fundamental da nutrição de plantas

A Lei do mínimo foi desenvolvida pelo cientista Justus Von Liebig, considerado um dos pais da Fertilidade do solo. A Lei explica que o desenvolvimento das plantas é limitado pelo nutriente que está presente em menor quantidade. Dessa forma, mesmo que determinado nutriente seja exigido em pequenas quantidades pela planta, ela terá seu desenvolvimento comprometido perante a sua falta.

Um exemplo disso é o fósforo, que embora exigido em pequena quantidade pelas plantas é um dos maiores limitantes de produtividade das culturas agrícolas e um dos mais aplicados nas adubações. A imobilização do fósforo na superfície das argilas consiste numa das principais formas de perda da disponibilidade do nutriente para as plantas. Dessa forma, o conhecimento dos princípios básicos da nutrição de plantas é de suma importância para se obter sucesso em seus cultivos.

 

Solo bem corrigido para potencializar o aproveitamento de nutrientes

A presença de alumínio tóxico nos solos ácidos brasileiros é um dos principais limitantes de produtividade de nossas terras. A calagem e a gessagem se destacam como duas importantes práticas para reduzir a concentração desse elemento no solo. Diversos trabalhos têm demonstrado que ao corrigir a acidez do solo através da aplicação dos insumos, podemos incrementar o desenvolvimento radicular das plantas em profundidade, principalmente para o milho. Através do desenvolvimento das raízes em maior profundidade, as plantas fazem melhor uso não somente da água, evitando perdas em períodos de estiagem, como dos nutrientes presentes em camadas mais profundas do solo. Dessa forma, a aplicação dos corretivos e o conhecimento sobre os mesmos é de extrema importância para proporcionar uma melhor nutrição de plantas e potencializar seu desenvolvimento.

 

Como aprender mais sobre a nutrição de plantas?

Como pudemos ver, o conhecimento sobre a nutrição de plantas é fundamental para todo produtor e profissional agrícola que deseja potencializar os ganhos em produtividades das lavouras. A realização de cursos na área de fertilidade do solo e nutrição de plantas pode ser uma excelente alternativa para todas as pessoas, desde aquelas que desejam aprender os conhecimentos básicos na área até aqueles profissionais de almejam maior profundidade nas principais técnicas para melhorar o aproveitamento dos nutrientes do solo.