Raças de cavalo no Brasil, quais as principais?

Há diversas raças de cavalos que são ótimas escolhas para a prática de diversos tipos de atividades. Conheça quais são as principais que estão presentes em nosso país.

Desde o começo que sua espécie foi descoberta, os cavalos têm sido ótimos parceiros para os humanos em diversas atividades, desde o transporte de carga até para atividades físicas mais densas, como uma corrida feita por um cavalo atleta, ou até mesmo para o lazer, algo que não exija muito esforço, como uma cavalgada ao ar livre ou para conduzir rebanhos.

No Brasil, ao longo dos anos, diversas raças desses animais foram se tornando populares. Atualmente há, pelo menos, 10 principais raças de cavalo no país usada para diversas atividades, e no post de hoje falaremos um pouco mais sobre cada uma delas.

 

Nordestino

Sendo um animal rústico e de porte médio, os cavalos nordestinos podem percorrer cerca de 70km por hora e tem uma ótima facilidade para se adaptarem ao meio em que vivem e com as características de sua criação e, por isso, são uma ótima opção para uma lida na fazenda.

Além disso, essa raça de cavalo possui uma ótima musculatura e cascos bem duros, ideais para esses tipos de atividades.

 

Quarto de Milha

Sendo um animal dócil e de fácil adestramento, os cavalos Quarto de Milha são considerados um dos melhores em competições equestres por sua alta velocidade e inteligência, além de ser um ótimo aliado para os trabalhos em fazendas, podendo ser muito bom para realizar o transporte de cargas.

 

Cavalo Crioulo

Estando presentes em diversos estados brasileiros, essa raça de cavalo é extremamente popular em nossos países vizinhos como o Chile, a Argentina e o Uruguai por conseguir resistir a temperaturas baixíssimas e também temperaturas muito altas.

Possuindo uma grande força, resistência e saúde, esses animais são ótimos para a lida na fazenda, a prática de competições equestres e, principalmente para montaria, sendo capaz de percorrer distâncias muito longas.

 

Pampa

Sendo extremamente dóceis, corajosos e vigorosos, os cavalos da raça Pampa são ótimos aliados para ajudarem no trabalho do dia-a-dia da fazenda.

Muito utilizado para a cavalgada e o turismo equestre, esse animal é considerado um marchador e possui uma boa velocidade e agilidade, ótimo também para atividades que exigem bastante destreza do cavalo.

 

Campolina

Tendo ótima força e capacidade, essa raça de cavalos foi criada (prática feita para melhorar a genética do cavalo) em solo brasileiro com um cruzamento de duas raças diferentes, sendo de um cavalo Andaluz com uma égua preta nascida no país e teve o seu nome em homenagem ao seu criador, Cassiano Antônio da Silva Campolina.

 

Raça de cavalo Andaluz

Sendo uma das raças que deu origem ao Campolina, os cavalos Andaluz possuem diversos nomes em vários países da Europa, onde também é popular e, devido ao seu temperamento e beleza diferenciada, tendo um ótimo modo e elegância ao marchar, é muito utilizado para montaria em nosso país.

Alguns nomes populares que podem ser ouvidos fora do Brasil sobre essa raça são:

  • Puro Sangue Lusitano – Portugal;
  • Puro Raça Espanhola – Espanha.

 

Puro Sangue Inglês

Sempre velozes e destemidos, esses animais conseguem saltar com uma ótima facilidade de obstáculos de média distância e são considerados os melhores em corridas que tenham esses tipos de obstáculos, além de serem muito bons para fazer uma boa cavalgada.

 

Cavalo Árabe

Tendo como ponto principal uma excelente recuperação após um dia intenso de trabalho, os cavalos de raça Árabe possuem um ótimo temperamento e uma boa força, essencial para que ele aguente bastante atividade sem que precise de tantos cuidados, além de possuírem um galope e um trote bem rasteiros.

 

Mangalarga

Por serem bem dóceis e fortes, esses tipos de cavalos são bem escolhidos para realizar atividades como lida em fazendas e para a prática de algum esporte. Eles são considerados um bom animal para a sela e possuem membros fortes, tendões nítidos e um ótimo andamento.

 

Mangalarga Machador

Conhecido como um dos cavalos mais fortes que estão presentes em nosso país, o Mangalarga Machador possui adaptação em diferentes climas, não necessita de uma alimentação específica, sendo ótimo para a criação em campos abertos ou estábulos e é capaz de percorrer grandes distâncias sem se cansar. São ótimos para serem utilizados em atividades de lazer ou lidas em fazendas.

Dentre todas as raças de cavalos existentes em solo nacional, essas foram as 10 mais populares no nosso país.

Se você tem criação de cavalos, dessas ou de outras raças, seja para atividades de lazer, corridas ou lidas em fazendas, é essencial que ele tenha uma ótima alimentação e suplementação para que esteja sempre bem vitaminado e possua um ótimo desempenho.